Vendedor do futuro X Vendedor do passado

Se você trabalha com vendas, sabe que a tecnologia veio para aumentar a produtividade do profissional bem como melhorar a comunicação entre as equipes de vendas e a empresa, porem há ainda muitos profissionais que não se adaptaram a esta nova realidade. Isto se deve por dois fatores preponderantes:

  • Soluções complexas e burocráticas que mais atrapalham do que ajudam o dia a dia do vendedor.
  • Resistência a mudança por parte do vendedor ou da empresa em buscar uma tecnologia eficiente.

TAI-CREATIVE-MINHA-VISITA-PROFISSIONAL-POST-BLOG-0702

No primeiro caso isto acontece com mais frequência porque geralmente quem desenvolve a solução são os gestores ou consultores contratados que tem dificuldade em desenvolver a     empatia e se colocar no lugar do profissional de vendas, entender seu comportamento no dia a dia e acabam desenvolvendo softwares muito eficientes para o Gestor ( empresa) porém pouco intuitivo para o vendedor.

Já no segundo caso, a resistência à mudança acontece com todo o ser humano e como dizia Walt Disney “ Você precisa explicar o porque por traz das decisões” ou seja, provar que a mudança trará melhoras significativas tanto para o profissional quanto para a empresa.

A partir da década de 90 tivemos uma modinha de CRMs que prometiam a gestão completa de vendas, gestão de clientes, funil de Vendas entre outras funcionalidades, custava caro e muitas empresas embarcaram nesta promessa. Ele funciona porém esqueceram de quem coleta os dados, cadastra clientes e faz as visitas externas precisa de objetividade, simplicidade e mobilidade no seu dia a dia.

Em empresas de médio ou pequeno porte o cenário pode ser pior, quando as equipes comercias precisam enviar relatórios em Excel, pois o tempo necessário para colocar as informações numa planilha poderia ser utilizado em prospecção, pós vendas ou outra atividade mais produtiva.

Diante deste cenário, acreditamos que é importante que estes profissionais e, principalmente, seus gestores, entendam que estamos vivendo uma nova revolução digital, com capacidade de gerar mudanças ainda mais significativas no dia a dia de vendas, mais produtividade e consequentemente mais resultados.

O vendedor do futuro já vive na era dos apps e não precisa de nada além de um smartphone. Já existem no mercado soluções que permitem ao profissional aprimorar sua forma de trabalhar e, às empresas, gerir o trabalho das equipes de maneira muito mais completa.

Utilizando uma plataforma do gênero, o vendedor do futuro pode preparar um relatório de visitas – aquele que demorava mais horas lembra? – em menos de um minuto. Este tipo de sistema, que na maioria dos casos, funciona também via aplicativos móveis, possibilita a criação de parâmetros próprios como: principais produtos vendidos, perfil do cliente, tipo de estabelecimento, entre outros.

Nestas plataformas, como a ofertada pelo Minha Visita, todas estas informações coletadas pelo vendedor do futuro são transmitidas de forma imediata – e online – para o Gestor que pode acompanhar tanto pelo seu Smartfone, Tablet ou pelo computador. Desta forma a empresa tem muito mais informação dos seus clientes e pode ajudar na tomada decisão.

Diante deste cenário, eu te pergunto: com qual profissional sua empresa quer contar, com o vendedor do passado ou o com o do futuro?

Conheça o Minha Visita App, a solução mais simples para o usuário e eficiente para o Gestor aumentar os resultados na área comercial.

assinatura-alexandre-02-02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *